top of page

Diabete

O Diabetes Mellitus (DM) é caracterizado pela deficiência ou então ausência da insulina. Este é o hormônio produzido pelo pâncreas e responsável por transportar o açúcar do sangue para dentro das células. Por consequência, na falta deste hormônio, o açúcar no sangue fica elevado (hiperglicemia).


Na infância, a principal causa da doença é destruição das células pancreáticas por anticorpos (autoimune) – Diabetes Mellitus tipo 1. Mas, com o aumento da obesidade infantil, tem crescido o número de casos de diabetes devido resistência à insulina – Diabetes Mellitus tipo 2.

Sintomas que podem sugerir o diagnóstico de diabetes na criança são, por exemplo:
 
•    Aumento da sede  - polidpsia
•    Aumento da frequencia do xixi – poliuria 
•    Aumento do apetite – polifagia 
•    Perda de peso;
•    Sonolência e cansaço.

Endocrinologista pediatriaca

 Se você estiver em Jundiaí ou na região e tiver preocupações sobre a saúde da tireoide do seu filho, a Dra. Taís Belo é uma excelente opção para agendar uma consulta.

 Ela oferece um atendimento personalizado e cuidadoso!

Na presença de sintomas clássicos, uma glicemia maior ou igual à 200mg/dL confirma, de fato, o diagnóstico.

Entretanto, se o paciente estiver desidratado (ávido por água), prostrado e com aumento da frequência da respiração, é necessário procurar o pronto socorro para descartar quadro de Cetoacidose Diabética. Isso porque este é um quadro grave no qual o sangue torna-se ácido pelo uso de gordura como fonte de energia.

Além de uma dieta específica, o tratamento é realizado com o uso de insulina subcutânea bem como a monitorização da glicemia.
O sucesso do tratamento depende da aceitação da doença pelo paciente e família, além de um suporte multidisciplinar com endocrinologista pediátrico, psicólogo, nutricionista.

bottom of page